O Parque Lagoas do Norte completou seis anos em grande estilo. Uma festança foi organizada para a comunidade na noite desta quinta-feira (28), na Praça Monumental (bicicletário). A população compareceu em peso para prestigiar as comemoração do parque, que levou muitas atrações culturais e shows com as bandas Gonzaga Lu e Trio Asa Branca, e o grupo Doce Ilusão. O evento foi realizado pela Prefeitura de Teresina através do Programa Lagoas do Norte, em parceria com a FUNACI.

O evento começou com um aulão de dança para animar o público presente. Em seguida aconteceu a dança da pipoquinha, onde as crianças do Espaço de Convivência Amor de Tia relembraram a colheita do milho, comida tradicional do mês junino. A quadrilha Pinga Fogo, do bairro Cidade Jardim, retratou o perfil do homem nordestino, ressaltando a coragem, a felicidade, a fé e alegria carregada apesar de todas as adversidades.

Apresentações culturais movimentaram o Parque Lagoas do Norte

A festa seguiu com a apresentação do Centro de Convivência Wall Ferraz, que levou ao público uma mistura de ritmos do Norte-Nordeste do país, como Frevo e o Carimbó. A Escola de Movimentação Capoeira, comandada pelo Mestre Zudu, exibiu saltos e apresentações solo, abrindo uma roda de capoeira, onde a comunidade que pratica o esporte pode participar. Além disso, levaram ao palco a dança maculelê. Houve ainda a dança das Lavadeiras, Oração junina, dança do coco, Bumba meu boi, grupo de Ballet, e a interpretação de “Aos trapos e farrapos, eu faço o meu retrato”, relembrando os pescadores ás margens do Rio Poti e o desenvolvimento de práticas como agricultura, pesca, olaria e cerâmica.

Kelyson Sousa levou a família para a comemoração

Kelyson Sousa, de 42 anos, é morador do bairro Matadouro e curtiu o aniversário do Parque Lagoas do Norte com sua família. “Gosto muito desse ambiente. O parque trouxe apresentações bem legais, e eu particularmente gosto de quadrilhas. Sempre que posso frequento o Parque, trago o meu filho para brincar. É um espaço de convivência, onde a comunidade pode se reunir e desfrutar de muitas coisas boas. O parque mudou muito a vida das pessoas que moram nessa região”, destacou Kelyson.

Além de lazer e cultura, o aniversário do parque proporcionou também uma movimentação de vendas para os permissionários e barraqueiros, que levaram uma diversidade de comidas típicas para o local. Franciane Rocha, de 30 anos, é permissionária e conta sobre as vantagens oferecidas pelo parque. “Eu trabalho a semana inteira, e quando tem evento assim é muito bom, porque é um extra que ajuda no final do mês. Eu trabalhava em uma empresa privada e saí do emprego para trabalhar no parque, pois é muito mais vantajoso para mim. O parque me trouxe muitos benefícios e gosto muito daqui”, ressaltou Franciane.

“Nos sentimos bastantes motivados, principalmente quando vemos que uma programação como esta, que é fruto de uma expectativa e de um planejamento feito para a comunidade, termina desta forma. É muito satisfatório a resposta que a população nos dá. As pessoas não vieram por acaso, vieram porque acreditam no trabalho que está sendo apresentado”, concluiu Jorginei Moraes, diretor do Parque Lagoas do Norte.

O Parque realizou a comemoração do seu aniversário de seis anos em três oportunidades. Dia 14, na Praça dos Orixás. Dia 19, na Vila Padre Eduardo. E nesta quinta (28), na Praça Monumental (bicicletário). O encerramento foi feito com os Shows de Gonzaga Lu e Trio Asa Branca, e o grupo de pagode Doce Ilusão.

Gonzaga Lú e Trio Asa Branca fecharam a noite com muito forró

Print Friendly, PDF & Email

Comentários (1)

  • alexandre e familia

    gosto muito das atividades realizadas na lagoas do norte primeiro as pessoas da regiao tem um lugar bonito e com segurança tambem pela divulgacao parabens a toda equipe tem aqui meu abraço

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).