Uma das obras de mobilidade urbana prevista no cronograma da Prefeitura de Teresina, a Ponte da Universidade Federal do Piauí (UFPI), está em fase de conclusão do projeto executivo e deve ser licitada ainda em 2018, com previsão do início da construção para o próximo ano.

A ligação entre o bairro Água Mineral e o campus Ministro Petrônio Portela da Universidade Federal do Piauí faz parte do corredor Norte-Leste, interligando a Zona Norte com a Avenida Raul Lopes e a Avenida Ulisses Marques, que encontra-se em construção atualmente.

A previsão inicial é de que sejam investidos R$ 49 milhões na construção da ponte e seus acessos, financiados pelo programa Pro-Transporte do Ministério das Cidades.

Após a conclusão do projeto executivo, que está prevista para o mês de setembro, o próximo passo será a licitação da obra. Após a conclusão do processo licitatório, os trabalhos de construção devem começar de fato em 2019. A previsão é que as obras durem cerca de 14 meses.

A ponte visa fazer mais uma ligação entre as zonas Norte e Leste de Teresina, melhorando a mobilidade de quem utiliza veículo próprio e também dos usuários do sistema de transporte coletivo, através da interligação entre os terminais.

“Teresina ganhará mais uma ponte sobre o rio Poti, ligando as zonas Norte e Leste, facilitando o deslocamento da população e otimizando o tráfego de veículos. A ponte da UFPI será mais uma obra que permitirá o sistema de integração funcionar na sua totalidade, como foi planejado”, afirma o secretário municipal de planejamento, José João Braga.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).