O prefeito de Teresina, Firmino Filho, e a equipe do Programa Teresina Sustentável, vinculada à Secretaria de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), reuniu-se no início da tarde desta quarta-feira (24) com uma comissão de representantes da Cooperativa Andina de Fomento (CAF), Banco de Desenvolvimento da América Latina, que está financiando o programa com um empréstimo de 45 milhões de dólares, a serem investidos em diversas ações na capital piauiense.

Neste primeiro momento, a reunião visa estreitar os laços entre a Prefeitura e o agente financeiro, além de estabelecer os primeiros passos no andamento dos projetos. Esta é a primeira missão da CAF em Teresina depois da assinatura do contrato de empréstimo, que foi firmado no último dia 28 de setembro. Os visitantes conheceram os detalhes dos projetos a serem executados e aprovaram a condução do programa até o momento, aguardando que as primeiras ações saiam do papel em breve.

“Foi um trabalho muito produtivo, dois dias de trabalho intenso em que nós colocamos como a CAF funciona operacionalmente, para que possamos ter, o mais rápido possível, os processos de licitação concluídos, para o primeiro desembolso do programa e o início das obras”, disse José Rafael Neto, executivo sênior da CAF no Brasil.

“A expectativa é extremamente positiva. Nós fizemos esse empréstimo que vai trazer obras significativas para a nossa cidade, como a reforma completa do Mercado Central, a complementação do projeto de urbanização da Vila da Paz, uma grande obra importantíssima para estruturar o sistema viário da Zona Sul, que é a Via Sul saindo da curva do CFAP até a Avenida Manoel Ayres Neto. Também vamos ter o Parque ambiental da Floresta Fóssil, que vai se tornar um ícone da nossa cidade, entre outras. Portanto, é uma alegria muito grande receber essa comissão, não tenho a menor dúvida de que serão obras importantes na nossa administração e terão continuidade na administração do próximo prefeito”, afirmou Firmino Filho.

Coordenadora do programa Teresina Sustentável, Raquel Lima também comemorou esse primeiro contato. “Ficamos muito contentes com essa visita, a primeira missão após a assinatura do contrato. O objetivo é saber o status de cada projeto do programa e dar orientações iniciais em relação ao próprio contrato, além de estreitar o relacionamento com o banco. Nós conseguimos contextualizar nossas dificuldades e nossas expectativas, e agora vamos agilizar o máximo possível as licitações para começar de fato o andamento dos componentes do programa”, disse ela. “Tivemos uma boa impressão neste momento, os projetos estão andando em um ritmo adequado e o mais breve possível daremos início às primeiras obras”, completou o secretário de Planejamento e Coordenação, José João Braga.

Teresina Sustentável

O programa atua em diversos eixos e busca incentivar o desenvolvimento econômico, social e ambiental de Teresina, visando principalmente a melhoria na mobilidade, na requalificação urbano-ambiental e no aprimoramento da gestão municipal.

Entre as diversas intervenções previstas, podem-se destacar a continuação da Marginal Via Sul, que ligará o Balão do CFAP ao bairro Parque Sul, a requalificação urbana de 20 hectares de áreas degradadas no bairro Vila da Paz e a reforma do Parque Floresta Fóssil, com a construção do Museu de Paleontologia, entre outras obras.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).