Nesta terça-feira (20), a comitiva do Banco Mundial presente em Teresina realizou o monitoramento de obras que são de intervenção do Programa Lagoas do Norte (PLN). Na ocasião, Paul Procee, diretor de Infraestrutura e Desenvolvimento Sustentável para o Brasil e líder da comitiva do Banco Mundial, conheceu a estrutura do Parque Lagoas do Norte, acompanhou as atividades da CMEI Helena Medeiros e viu as obras de cobertura das quadras localizadas no entorno do Parque. Além disso, houve visita ao Parque Encontro dos Rios.

O monitoramento do PLN é realizado constantemente. As verificações das obras fazem parte das visitas de rotina programadas pelo Banco Mundial, que também monitoram o PLN à distância, através de videoconferência. As vistorias realizadas fazem parte de um cronograma programado para dois dias de visitas, 19 e 20.

“Estamos recebendo uma visita importante da equipe do Banco Mundial, e dessa vez, com a presença do diretor de Infraestrutura e Desenvolvimento Sustentável para o Brasil. Hoje apresentamos o Parque Lagoas do Norte, Parque Encontro dos Rios, a CMEI Helena Medeiros e as coberturas das quadras. Acompanhando as obras, as divulgações realizadas pelo PLN e as metas que alcançamos, ele pode ver a importância do programa e os benefícios que ele traz”, ressaltou Márcio Sampaio, diretor geral do PLN.

Paul Procee, diretor do Banco Mundial, se diz orgulhoso de participar do PLN. Para ele, o programa contribui também para uma nova conscientização, que irá garantir um futuro melhor para Teresina.

“Para mim é um orgulho e uma grande satisfação fazer parte de um projeto tão importante como o Lagoas do Norte. Ver toda a mudança urbanística que houve aqui na região do parque, escutar que se tornou uma melhoria tão grande dentro da cidade, é tudo muito satisfatório. Entendemos que o trabalho também é realizado junto às comunidades. É muito bom ver a CMEI e o trabalho que está sendo feito com essas crianças, que são o futuro dos nossos países, e por isso precisam de uma boa educação, em um ambiente confortável e seguro, já criando uma nova conscientização de cidadão que precisamos em Teresina e no Brasil”, concluiu.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).