A Agenda Teresina 2030 participou na noite desta quarta-feira (23) de uma videoconferência para falar de suas experiências referentes ao trabalho com dados abertos. O encontro foi um convite do Instituto do Governo Aberto, que promove diálogos entre pesquisadores e profissionais de políticas públicas que trabalham nas ações de abertura de governo, com um modelo mais democrático de governança, buscando a participação social e mais transparência através de mecanismos que facilitem essa interação.

 

A videoconferência durou cerca de 1h30 e reuniu representantes da sociedade civil, acadêmica, governos e instituições multilaterais para discutir o tema de governo aberto. Na ocasião, a coordenadora da Agenda Teresina 2030, Gabriela Uchôa, e a especialista em Sustentabilidade e Resiliência, Flávia Maia, explicaram a metodologia da Agenda Teresina 2030 e compartilharam aprendizados de experiências da Agenda.

 

“Explicamos que o Governo aberto não é um fim, mas é uma ferramenta que usamos para monitorar a Agenda Teresina 2030. Surgiram questionamentos sobre o fortalecimento de capacidade institucional. Contamos nossas experiências de negociação em projetos participativos, falamos sobre a frente de dados abertos, que é uma capacitação organizada pela Agenda Teresina 2030 com as 23 secretarias para sensibilizar os servidores para temas de governo aberto e repassamos os nossos aprendizados e de como poderíamos compartilhar com outras cidades”, ressaltou Flávia Maia.

 

Teresina possui destaque, pois une a ideia de governo aberto com a ideia de cidade inteligente, monitorando o desenvolvimento sustentável. O objetivo é sensibilizar os servidores e sociedade civil para que esses grupos demandem a abertura de mais dados e informações, garantindo que a abertura do governo seja sustentável a longo prazo.

 

“Foi uma ótima oportunidade de criar mais redes, compartilhar material, entender trabalhos e pesquisa de outras pessoas na área. São pessoas de toda a América Latina que se reúnem para trocar experiências e fortalecer essas iniciativas. A Agenda Teresina 2030 está sempre aberta para compartilhar conhecimento e construir parcerias para alcançar nossas metas, que são os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, concluiu Gabriela Uchôa.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).