Além das centenas de crianças se divertindo com brincadeiras, atividades esportivas e educativas, as mães também participam da Colônia de Férias do Parque Lagoas do Norte. As oficinas profissionalizantes oferecidas para as mães envolvem cursos de artes e decoração de balões e produção de bijuterias e bolsas, propiciando uma atividade de lazer e uma possível fonte alternativa de renda.

Krisdelane Oliveira foi instrutora da oficina de produção de bijuterias e bolsas com o uso de resíduos sólidos. Ela conta que a oficina foi de grande aprendizado para as mães e também para as instrutoras.

“Estamos passando que todo material que elas acham que é lixo pode ser reutilizado para fazer bijuterias, bolsas, recipientes e artigos de decoração. Além de aprender, elas podem começar a produzir para vender, fazendo da atividade uma fonte de renda. As oficinas são ótimas porque também aprendemos com elas, pois colocam toda a sua criatividade para fora e passamos a trocar conhecimento”, ressaltou.

Josane Ribeiro, 43 anos, foi uma das participantes da oficina. Ela diz que foi gratificante participar desta ação e que vai continuar com a prática do que aprendeu no curso.

“Foi muito bom. Trouxe as crianças para brincar e ao invés de ficar em casa, estava aprendendo algo útil e ocupando a mente. Vou continuar a praticar o que aprendi aqui, pois vou utilizar tanto para mim, quanto para venda, pois vai me possibilitar outra fonte de renda”, disse a participante.

“Ficamos bastante gratos com a ideia. Enquanto as crianças se divertem com as diversas atividades da colônia de férias, as mães se qualificam no ponto de vista profissional, unindo o útil ao agradável. Você tem seu filho brincando com segurança e tranquilidade no parque e simultaneamente estão aprendendo coisas novas”, concluiu Jorgenei Moraes, diretor do Parque Lagoas do Norte.

Outras atividades

A colônia de férias levou para as crianças o cineminha educativo, que já é uma marca registrada do Parque Lagoas do Norte. São filmes interativos em que as crianças têm a oportunidade de assistir na telinha temas como lixo, saúde e outros, e depois praticarem ao que assistiram. A conscientização ambiental ficou por conta da parceria da Semduh, que trabalhou a sensibilização para a destinação adequada do lixo com o super-herói pevinho, mascote da coleta seletiva de lixo da Prefeitura de Teresina.

A Strans levou orientações de segurança no trânsito como, andar sobre calçadas, passas na faixa de pedestre, usar o cinto de segurança, e outras orientações adequadas para as crianças. Práticas esportivas como vôlei, futebol, handebol de areia, dentre outras modalidades, também foram praticadas no parque.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).