Estudantes dos Institutos Federais de Teresina visitam o Parque Lagoas do Norte

Na manhã deste sábado (9), alunos do Instituto Federal do Piauí – IFPI e do Colégio Técnico de Teresina-UFPI, participaram de uma palestra sobre o Programa Lagoas do Norte, para conhecer a área de atuação do programa. O evento aconteceu na sede administrativa do parque.

Na palestra, ministrada pelo diretor executivo do Lagoas do Norte, Leonardo Madeira, foram citadas a abrangência do programa, o seus investimentos e os principais objetivos, que buscam sempre a melhoria da qualidade de vida das pessoas que moram na região.

“Muitos teresinenses não conhecem um dos maiores investimentos que a capital está recebendo. Esses estudantes estão vivenciando na prática uma mudança de realidade. Realidade social e ambiental. O programa tem vida, ele é dinâmico e está à disposição de todos” destacou Leonardo Madeira.

Para a professora de biologia do Colégio Técnico de Teresina e uma das organizadoras da visita, Majeci Moura, o Lagoas do Norte é o lugar ideal para exemplificar a educação ambiental. “Escolhemos o Parque Lagoas do Norte pela sua proposta. É um parque que oferece condições para visitas técnicas e cumpre as leis ambientais. É um exemplo muito grande para os nossos alunos, além de ser um local muito belo”.

Os alunos dos Institutos Federais conheceram toda a região do Parque. Iniciaram pela sede administrativa, conhecendo a abrangência das lagoas, até os pontos culturais, como a Praça dos Orixás. Na visita, perceberam a recuperação de áreas antigamente degradas e que hoje estão totalmente recuperadas.

Inscrições para eleição do Conselho da Cidade são prorrogadas até a próxima sexta-feira

O prazo para inscrições dos interessados em participar do processo eleitoral para a composição do Conselho Municipal da Cidade de Teresina sofreu alterações e será prorrogado até o próximo dia 15. O prazo inicial estava previsto para ser encerrado nesta sexta-feira.

O edital é voltado para eleição das entidades da sociedade civil que irão compor o Conselho. A data da eleição permanece mantida para o dia 29/06.

Parque Lagoa do Mocambinho muda cotidiano da comunidade

Com previsão de inauguração para o mês de agosto, o Parque Lagoa do Mocambinho já mudou o cotidiano da comunidade, antes mesmo da conclusão das obras, realizadas pela Prefeitura de Teresina, por meio do Programa Lagoas do Norte.

“Antes, a gente não podia usar essa área, porque tinha muito lixo, era perigosa e o mau cheiro afastava a população. Agora, mesmo ainda em obra, a comunidade já utiliza o Parque Lagoa do Mocambinho. Venho aqui diariamente, pela manhã, com minha esposa, fazer caminhada. É um momento nosso, de praticar atividade física, conversar e também relaxar, olhando a beleza dessa lagoa. Assim, como nós, muitas famílias já vêm aqui, principalmente aos finais de tarde, trazer as crianças para brincar, usar a quadra de areia e fazer esportes”, comenta James de Oliveira, morador do bairro Mocambinho.

Casal pratica caminhada no parque todas as manhãs

O Parque Lagoa do Mocambinho é parte da segunda fase do Programa do Lagoas do Norte, possui cinco hectares de extensão, com pista de caminhada, ciclovia, quadra de areia, quadra de concreto, uma quadra para prática de badminton e campo de grama sintética. Além dos espaços para prática de esportes, o Parque terá também espaço administrativo, quiosques, academias, playgrounds e área contemplativa no entorno da lagoa, com grama natural para descanso. A construção do Parque está orçada em R$ 9 milhões e 700 mil.

“O Parque Lagoa do Mocambinho está em fase de conclusão. Além do parque propriamente dito, as obras contemplam a drenagem das águas pluviais do Loteamento Mocambinho, com a construção de duas galerias e a modificação dos canais que ligam as galerias e a lagoa. As bocas de lobo, que servem para captação da água pluvial, também foram contempladas com a obra. Essa intervenção atende a uma reivindicação antiga da comunidade e resolverá o recorrente problema de alagamentos na região. Mais do que isso: o Parque Lagoas do Mocambinho será um grande ponto de convergência comunitária, com espaços de convivência, área para esportes, apresentações culturais e contemplação da natureza. É o Programa Lagoas do Norte mudando para melhor a qualidade de vida da população”, destaca Marcio Sampaio, diretor do Programa Lagoas do Norte.

Garotos de escola da vizinhança descansam aproveitando a vista

Para a moradora Eliete Oliveira, o Parque Lagoa do Mocambinho trouxe também valorização do bairro: “O Mocambinho ganha em beleza e em valor. A tendência, com o término da obra e a inauguração do Parque, é que tenhamos valorização imobiliária em todo o bairro; um comércio mais forte, com o aumento de visitantes na região; e, principalmente, um ganho em nossa autoestima. Um lugar bonito assim, é um presente para a comunidade. Antes, aqui era um lixão. Agora, podemos ver toda a beleza dessa lagoa. Morar aqui pertinho, usufruir desse espaço diariamente e ainda receber os benefícios indiretos que essa obra trouxe, é um privilégio”, pontua.

Parque completo será entregue para a população em agosto

SEMPLAN busca recursos para obras de drenagem na Zona Sudeste

A Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) enviou ao Ministério das Cidades uma carta-proposta em busca de financiamento para obras de drenagem na Zona Sudeste de Teresina, em áreas identificadas como mais vulneráveis a problemas com inundações. Caso os projetos sejam aprovados, serão investidos mais de R$ 60 milhões em ações variadas, como construção de galerias, intervenções em canais, tubulação e urbanização.

A proposta foi elaborada pela secretaria executiva de captação de recursos e monitoramento (Secrem), vinculada à SEMPLAN, para se candidatar a receber recursos através do programa Avançar Cidades – Saneamento, do Ministério das Cidades. Se os projetos forem pré-aprovados pelo governo federal, passará por um novo processo de avaliação junto à Caixa Federal e, após nova aprovação, poderá ser aberto o processo de licitação para execução das obras.

Estes projetos são frutos do Plano Diretor de drenagem de Teresina, que identificou 70 sub-bacias no território da cidade, das quais oito foram consideradas mais críticas. Depois disso, foi necessária a elaboração dos projetos para determinar a intervenções necessárias e, assim, combater os problemas com inundações. “O trabalho da prefeitura começou lá atrás com a conclusão do Plano Diretor de drenagem. Depois a prefeitura conseguiu um aporte de R$ 16 milhões do Governo Federal para elaborar o projeto dessas áreas mais emergenciais, que agora estão sendo submetidos para o Ministério das Cidades”, explica José Alberto Guimarães, assessor de coordenação da Secrem.

Das oito áreas emergenciais, duas já tiveram os recursos pré-aprovados anteriormente, ambas na zona sul: uma na região do bairro Portal da Alegria, e outra na região dos bairros São Pedro, Tabuleta e Redenção. Os projetos em análise no Ministério das Cidades atualmente envolvem outras duas sub-bacias, estas na região Sudeste: uma na região dos bairros Itararé, Extrema, Beira Rio, Tancredo Neves e Comprida, e outra área nos bairros Parque Ideal, Novo Horizonte e Redonda.

“Estas duas sub-bacias na Zona Sudeste apresentam a maior densidade populacional, onde a comunidade está mais exposta há problemas com inundações e outros problemas decorrentes das chuvas. Estes investimentos buscam corrigir estes problemas”, finaliza José Alberto.

Semplan disponibiliza treinamento para novos servidores da Ouvidoria Municipal de Teresina sobre o Colab

Na manhã desta quarta-feira (6), a Secretária Municipal de Planejamento e Coordenação – Semplan, disponibilizou um treinamento para os novos servidores da Ouvidoria Geral do Munícipio de Teresina sobre o Colab – aplicativo de gestão de relacionamento e comunicação com o cidadão.

O Colab cria uma ponte entre o cidadão e a prefeitura, de forma que o cidadão possa colaborar, mandando informações que sejam qualificadas e estruturadas. As informações, com fotos, são recebidas pela ouvidoria da prefeitura, e ao serem avaliadas, são encaminhadas para os órgãos responsáveis.

“Os meios utilizados pelo colab são muito válidos, porque quando o ouvidor responsável recebe a demanda, ela tem informações adicionais que podem ajudar na resolução do problema. Por isso esse treinamento, para que os servidores consigam dar a melhor solução possível, tornando mais simples e ágil a ação da prefeitura”, destacou Dalila Ramalho, coordenadora de operações do Colab.

“O treinamento é muito importante, pois é necessário o conhecimento do aplicativo para que todos os envolvidos saibam como agir e mediar as situações demandadas”, concluiu Hassam Said, coordenador da ouvidoria de Teresina.

Servidores da SEMPLAN fazem rodízio para diminuir carros nas ruas

Servidores da SEMPLAN adotaram uma ideia para diminuir o volume de carros andando pela cidade. Os colegas que moram mais próximos um dos outros fazem rodízio, onde cada um vem com seu carro uma vez por semana e dá carona para os demais. O objetivo é, além da economia, melhorar a qualidade do trânsito e reduzir a emissão de poluentes.

A arquiteta Ângela Araújo, da Secretaria Executiva de Planejamento Urbano (Seplur), foi a autora da ideia. Ela conta que teve experiência parecida na faculdade e decidiu trazer para dentro do local de trabalho. “A ideia é diminuir a quantidade de carros na cidade. Diminui o trânsito, poluição, e você economiza com estacionamento, com combustível. Só tem coisa positiva”, diz ela. Além de Ângela, participam do rodízio os servidores Ênio Moita, Edangela Gomes, Larissa Azevedo e Francisca Pinheiro, que já inspiram outros colegas a entrar para a iniciativa.

Servidores alternam caronas para economizar e melhorar trânsito.

SEMPLAN faz reunião mensal de avaliação de desempenho

O secretário municipal de planejamento e coordenação, José João Braga, reuniu-se nesta terça-feira com a sua equipe de secretários executivos e gestores da equipe da secretaria e do Programa Lagoas do Norte para fazer a avaliação mensal dos trabalhos desenvolvidos pela SEMPLAN.

No encontro, foi feita uma avaliação dos resultados dos projetos concluídos e o acompanhamento da evolução dos que estão em andamento, além de serem apresentadas novas demandas a serem trabalhadas pela secretaria.

Crianças participam de piquenique no Parque Encontro dos Rios em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente

Crianças participaram de um desfile

A equipe do Parque Lagoas do Norte realizou na manhã desta terça-feira (5), no Parque Encontro dos Rios, um piquenique com crianças da creche Tia Jane. A ação, realizada em comemoração ao dia mundial do meio ambiente, envolveu, além do lanche em meio a paisagem do parque, vários momentos de conscientização com as crianças sobre a importância da preservação ambiental.

Foram realizadas palestras, espetáculos artísticos com teatro de bonecos e a apresentação de um novo Crispim, personagem do folclore piauiense presente na lenda do Cabeça de Cuia. Na estória, Crispim é um pescador amaldiçoado pela mãe antes de assassiná-la com um pedaço de osso, passando a viver a vida a vagar pelo rio. Mas no piquenique, ao invés de vilão, Crispim é preocupado com a poluição, pois sofre com os efeitos do lixo jogado nas águas. As crianças também aprenderam cuidados básicos com meio o ambiente, como saneamento e reciclagem. Ao final, foi destruído um lanche saudável para os alunos da creche.

Crianças aprenderam com o personagem Crispim sobre a preservação ambiental

Para Cristina Oliveira, mãe de um dos alunos, o evento é bastante válido e importante. “Esse é o primeiro ano do meu filho na escola, ele só tem três anos e eu estou achando o evento muito importante, porque está colocando em ênfase o meio ambiente, ensinando as crianças a cuidar dos rios, onde se deve jogar o lixo. As crianças, quando aprendem elas não esquecem e realmente praticam, diferente de nós adultos. Estou achando tudo muito lindo e todo esse conhecimento repassado é muito importante”, destacou Cristina.

Com a ação, a equipe do Parque Lagoas do Norte busca uma maior interação com a comunidade, ajudando na educação das crianças das redondezas. “A educação ambiental tem duas vertentes, a formal, dentro da escola, e a informal, fora dela. Nós temos que ter a sensibilidade da comunidade, a participação dos pais e a boa vontade da criança para fazer essa interação. Conseguimos fazer isso hoje, e essa é nossa meta. Sempre vamos buscar fazer eventos dessa natureza, buscando repassar conhecimento social e ambiental de uma forma lúdica e descontraída para o melhor entendimento dessas crianças”, concluiu o diretor do Parque Lagoas do Norte, Jorginei Moraes.

 

Diretrizes do Plano Diretor são apresentadas para delegados representantes da sociedade civil

A Secretaria Municipal de Planejamento e coordenação (SEMPLAN) realizou nesta segunda-feira, uma apresentação das diretrizes do novo Plano Diretor de Ordenamento Territorial de Teresina (PDOT) para os delegados natos e eleitos para a segunda audiência pública de revisão do plano Diretor. A ação faz parte de uma série de reuniões organizadas pela secretaria executiva de planejamento urbano. O Plano Diretor será responsável pela organização de um novo modelo de cidade na capital piauiense, mais concentradas nas regiões centrais e com maior infraestrutura, com a cooperação de diversos segmentos da sociedade.

A principal característica do novo Plano Diretor é tornar a cidade mais densa, atraindo a população para as regiões mais centralizadas, onde já existe uma estrutura adequada. Assim, os habitantes de Teresina poderão contar com mais qualidade de vida, podendo se locomover com mais agilidade e fazendo deslocamentos menores, utilizando o transporte público.

“Todas as legislações em relação à ocupação do espaço urbano vão estar contidas nesse plano, e todos precisam estar a par desse novo modelo de cidade para construir junto com a prefeitura uma cidade voltada para as pessoas, por isso planejamos essas reuniões”, ressalta Jhamille Almeida, secretária executiva de planejamento urbano da SEMPLAN.

Os delegados foram escolhidos em uma audiência anterior, entre lideranças e membros de diversos segmentos espalhados por toda a cidade. “É muito importante, porque além de possibilitar um conhecimento prévio sobre a matéria que será discutida na próxima audiência pública, ela permite que haja uma finalidade maior dos instrumentos de política urbana, e essa relevância é destacada pela possibilidade de discussão que aconteceu na reunião de hoje”, destacou Natan Pinheiro, presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio da OAB-PI, e delegado eleito da segunda audiência pública do Plano Diretor.

SEMPLAN convoca população para audiência de deliberação do Plano Diretor

A PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TERESINA, dando continuidade ao processo participativo denominado Teresina Participativa, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação, em atenção às disposições: da Lei Federal n° 10.257/2001 (Estatuto da Cidade), da Resolução n° 25/2005 do Conselho Nacional das Cidades e da Lei Municipal nº 3.558/2006 (Plano Diretor de Teresina), CONVOCA a comunidade em geral para participar da Audiência Pública, a ser realizada no dia 28 de junho de 2018, das 07:30 às 17:30h, no Centro de Formação Professor Odilon Nunes, localizado na Rua Magalhães Filho, 1772, bairro Marquês – Norte, Teresina-PI.

Poderão participar dessa Audiência Pública a população em geral, instituições públicas, autoridades, organizações não-governamentais, associações representativas dos vários segmentos da sociedade e demais interessados na deliberação do Plano Diretor de Teresina, observados os termos do edital que segue abaixo.

Após a audiência, será votada a homologação da minuta de lei do Plano Diretor, onde terão direito a voto os delegados natos e eleitos, conforme o decreto N° 17.797, publicado no Diário Oficial do Município, N° 2.291, de 29 de maio de 2018.

CONFIRA O EDITAL DE CONVOCAÇÃO

EDITAL PARA SEGUNDA AUDIÊNCIA PÚBLICA DO PDOT

DECRETO DE HOMOLOGAÇÃO

DECRETO N° 17.797-HOMOLOGAÇÃO DOS DELEGADOS