SEMPLAN – Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação
Teresina, 21 de Novembro de 2017

Você está em » Destaques

Mercado São José terá modelo de gestão semelhante ao Shopping da Cidade

17/07/2017 - 13h07
mercado central

A Prefeitura de Teresina vem elaborando um planejamento para o Mercado São José, também conhecido como Mercado Central, que está em fase final de obras. Na manhã desta segunda-feira (17), técnicos da administração municipal se reuniram com os permissionários para alinhar detalhes sobre o cronograma de entrega do espaço.

 

Com a entrega da obra prevista para o mês de agosto, a preocupação da Prefeitura é garantir um novo modelo de gestão do local para que as atividades aconteçam com mais organização e que o mercado passe a desempenhar um papel de representatividade em termos histórico, cultural e turístico.

 

De acordo com Carmem Neudélia, da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (Semplan), a gestão do lugar será nos moldes do que é realizado no Shopping da Cidade, tendo o Instituto de Negócios do Piauí (INPI) como administrador. “O INPI terá esse papel nessa nova fase do Mercado São José. Acredito que será positivo e ajudará na melhoria dos trabalhos”, pontuou.

 

A Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest) é a responsável por realizar o cadastro dos permissionários e acompanhar todo o processo de implementação e funcionamento do mercado. “Acredito que é importante implantar um modelo de gestão que dará mais autonomia ao mercado, com um regimento interno bem elaborado, feito em conjunto, para que todos tenham ciência dos diretos e obrigações. Dessa forma o trabalho certamente fluirá melhor”, destacou Jacqueline Melo, secretária Executiva da pasta.

 

Os permissionários participarão de ciclos de palestras sobre atendimento, turismo, gestão e outros temas. A Semest também estuda a realização de capacitações e consultorias para que possam melhorar as técnicas de vendas e ajudar a impulsionar a comercialização.

 

A reunião contou com representantes da Secretaria Municipal de Economia Solidária, Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação e da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte.

 

FONTE: SEMEST