Manhã de lazer marca Dia das Mães no Parque Lagoas do Norte

No último sábado (09), o Programa Lagoas do Norte realizou um café da manhã em comemoração ao Dia das Mães. Durante toda a manhã, foram expedidos carteira de trabalho, passe livre para os idosos e cadastros para o Bolsa Família. A ação foi promovida por meio da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN), em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e Assistência Social (SEMTCAS), a Fundação Wall Ferraz (FWF) e o 9º Batalhão da Polícia Militar do Piauí.

 

“A construção do Parque valorizou muito a nossa comunidade. Todos os dias eu venho aqui, seja para passear ou fazer academia. Para mim, é uma benção esse dia de lazer, foi diferente de tudo o que eu já passei. Estou muito feliz”, festejou Maria de Lousa Lopes, moradora do bairro São Joaquim e freqüentadora assídua do Parque para a prática de atividades físicas.

 

Para o secretário municipal de Planejamento e Coordenação, Washington Bonfim, a manhã de lazer foi uma oportunidade de estreitar ainda mais os laços com a comunidade: “O Programa Lagoas do Norte é construído por meio do diálogo permanente com a comunidade. Mantemos a Unidade de Projetos Socioambientais na área do Parque Lagoas do Norte, em atendimento diário à população. Para a Prefeitura de Teresina, é fundamental ampliar esse diálogo e estreitar os laços. Momentos como esse, de confraternização em homenagem às mães, são muito valiosos, porque nos aproximam ainda mais das pessoas para as quais trabalhamos. O dia de hoje é um dia de encontro familiar, um dia para nos abraçarmos e conhecermos melhor, fortalecendo a nossa caminhada”, declarou.

 

Eliane Sales, moradora o bairro Parque Alvorada, observou que a comemoração serviu para aproximar as mães da região: “Essa festa está sendo maravilhosa. Serve até para conhecer melhor as outras mães. É um momento de diversão e aproximação”, avaliou.

 

A programação também contou com serviços gratuitos de beleza para as mães (manicure, corte de cabelo, escova e maquiagem). “Todas as mães estão felizes. Para mim, esse dia está sendo muito especial. O Parque Lagoas do Norte está me proporcionando um Dia das Mães diferente, ao lado dos meus filhos e amigos”, comemorou Graça Soares, moradora do bairro São Joaquim.

 

Maria da Conceição, também moradora do bairro São Joaquim, observa que sua saúde melhorou com a construção do Parque. “Eu faço ginástica todos os dias com a ajuda de professores e sinto a grande melhora na minha saúde. Passar o Dia das Mães com a comunidade é maravilhoso. Esse evento, com certeza, alegrou a vida de todas as mães da região”, pontuou.

Lagoas Digitais ensina programação de jogos a crianças da zona Norte

Ensinar crianças a produzir softwares de forma lúdica. Esse é o objetivo do projeto piloto Crispim do Futuro, desenvolvido pelo Programa Lagoas Digitais. Durante 15 sábados, 20 crianças com idades entre 08 e 10 anos aprenderão a programar jogos para computadores, no Projeto de Atendimento Intergeracional (PAI), do bairro São Joaquim. O Crispim do Futuro teve sua aula inaugural no último sábado, dia 09 de maio.

 

“As crianças aprenderão brincando a programar jogos. Com isso, dominarão a linguagem de programação desde a infância, o que contribuirá para melhorar seu raciocínio lógico e as incentivará a não apenas consumir softwares para computadores e celulares. Esse é um projeto piloto de inserção digital. Nossa intenção é, após mensurar seus resultados, implantá-los em escolas municipais. Essas crianças são nativos digitais, daí a importância de iniciar o ensino de tecnologia ainda na infância”, explicou o professor da UESPI, Marcos Carvalho, gerente executivo do Lagoas Digitais.

 

O Lagoas Digitais é desenvolvido por meio de parceria entre a Prefeitura de Teresina, por meio das secretarias municipais de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) e de Economia Solidária (SEMEST), e a Universidade Estadual do Piauí (UESPI), A Agência de Tecnologia de Informação do Governo do Estado (ATI), o Sebrae, a Rede Solidária e o Comitê Lagoas do Norte.

 

“Esse projeto piloto vem no sentido de povoar a geração digital com o necessário conhecimento e de equipamentos tecnológicos para a produção de jogos digitais, que se adéquam tanto em questões morais e éticas quanto profissionais. Para isso, esse projeto vai ser encampado dentro do Lagoas Digitais, com crianças moradoras da área de intervenção do Programa Lagoas do Norte”, destacou o secretário municipal de Economia Solidária, Olavo Braz.

 

O projeto piloto Crispim do Futuro integra o projeto Code Club Brasil, cuja missão é fazer com que cada criança tenha a oportunidade de aprender a programar. Para isso, é fornecido material de ensino e uma estrutura de voluntariado que apoia a realização de atividades extracurriculares ligadas à programação de computadores.

 

 

Para saber mais sobre a rede mundial de clubes para crianças, acesse: http://codeclubbrasil.org/

Prefeito assina ordem e dá início à reforma do Mercado do São Joaquim

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, e o secretário municipal de Planejamento, Washington Bonfim, assinaram hoje (08) a ordem de serviço para o início das obras de reforma e ampliação do Mercado Rui Barbosa, popularmente conhecido como Mercado do São Joaquim, importante ponto de comércio da zona norte da capital. A obra começa imediatamente e está orçada em R$ 1.410.371,97, em recursos próprios da Prefeitura e do PAC II.

 

A reforma do Mercado do São Joaquim integra o Projeto Lagoas do Norte, que iniciará sua segunda fase em breve. Segundo o secretário Washington Bonfim, essa obra requalificará o comércio na região, proporcionando um espaço mais adequado à exposição dos produtos e visitação de turistas e consumidores em geral.

 

“Essa obra é extremamente desejada pela população. Alguns permissionários já nem acreditavam mais, mas hoje estamos aqui para cumprir esse compromisso com a população do bairro São Joaquim e de toda zona norte. Uma parte da demora desse início foi decorrente do processo de consulta à população a aos permissionários para encontrarmos uma forma que agradasse à maioria. Essa é a forma que estamos trabalhando por determinação do prefeito Firmino Filho, de consultar as pessoas, de exaurir os debates. O Lagoas do Norte é um grande programa, que muda a realidade da zona norte. É o maior projeto de reforma urbanística de Teresina”, afirmou.

 

Durante a solenidade, o prefeito ressaltou a grandiosidade da obra. De acordo com Firmino Filho, o mercado será praticamente refeito. “Essa é a quarta intervenção na Rui Barbosa que fazemos. Três escolas foram basicamente reconstruídas. O Lagoas do Norte é o maior projeto da Prefeitura de Teresina. A primeira fase já começa a dar resultados. E não são apenas resultados visíveis. Existem aqueles invisíveis, como a drenagem, por exemplo. As chuvas têm sido rigorosas e ouvimos muitas coisas sobre buracos no asfalto, problemas na saúde com as viroses, mas não tivemos nada em relação a drenagem, nada comparado ao passado, em que uma mil, duas mil e até três mil pessoas ficavam desabrigadas. Famílias ficavam em escolas, em creches, abrigadas. E nesse inverno não está acontecendo isso por causa do programa”, declarou o prefeito.

 

Segunda fase

 

O projeto Lagoas do Norte deverá entrar em breve na sua segunda fase. Segundo o secretário Washington Bonfim, o prefeito estará com representantes do Banco Mundial e depois irá para os Estados Unidos negociar o financiamento desta segunda fase.

Prefeitura discute ações de segurança com lideranças comunitárias

A Prefeitura de Teresina realizou hoje (07) encontro com lideranças comunitárias para discutir ações de segurança para a capital. Durante o encontro, o professor universitário e especialista em segurança, José Ratton, apresentou sugestões de ações de prevenção a crimes e violências que podem ser empreendidas pelo poder público municipal.

 

O prefeito Firmino Filho esteve presente no encontro e destacou que a Prefeitura de Teresina deu início ao processo de criação da Secretaria Municipal de Defesa Social, que terá, entre outras funções, a de incluir a Guarda Municipal. “Precisamos discutir com a sociedade a implementação desse mecanismo de segurança que iremos implantar na cidade. A Guarda terá um trabalho articulado com o Governo do Estado para que seja definida uma ação que seja eficaz naquilo que estamos propondo. Hoje temos uma sociedade que clama por segurança e, apesar de não ser uma atribuição do município a segurança pública, a Prefeitura pode e dará a sua contribuição”, reforçou.

 

O delegado Samuel Silveira, que preside a Comissão instituída pelo prefeito Firmino Filho para tratar da implantação da secretaria, reforçou a importância da interlocução com o Programa Lagoas do Norte, que viabilizou a vinda do professor Ratton, por meio de sua consultoria especializada em segurança e enfrentamento à violência. “Essa é uma oportunidade de conhecermos a experiência do professor José Ratton e de ouvirmos as demandas das comunidades, a fim de iniciarmos as ações da Secretaria aparelhados para atender às demandas da população”, destacou Samuel Silveira.

 

A expectativa da Prefeitura é enviar até o final do primeiro semestre o projeto propondo a criação da Secretaria para que as próximas fases sejam iniciadas ainda este ano. A estimativa da Prefeitura é de contratação de pelo menos 100 pessoas para a Guarda, através de concurso público que deverá ser realizado ainda este ano. Após a aprovação, a Prefeitura fará ainda uma capacitação aos aprovados para que os mesmos iniciem as atividades.

 

Para José Ratton, que participou da construção do Pacto Pela Vida, em Pernambuco, o Brasil não possui um pacto federativo na área da segurança. O especialista frisou a necessidade de compreender que o crime e a violência podem ser prevenidos.

 

“Há três níveis de ação para se prevenir o crime e a violência: primário, que compreende a maneira de o Estado e a sociedade agirem para promover segurança para todos; secundário, que envolve prevenções diferentes para violências diferentes, considerando-se que o crime e a violência estão distribuídos de forma diferentes nos diversos espaços urbanos; e terciário, que que relaciona às pessoas que já se envolveram em situações de crime e violência, como egressos do sistema prisional, e desenvolve ações de forma a evitar que essas pessoas retornem ao envolvimento com o crime. Importante também ter muito claro que a guarda municipal não é, e nem pode querer ser, uma mini PM. A guarda municipal possui vocação comunitária e permite a articulação com o território e os atores envolvidos. Por isso a relevância desse encontro, antes mesmo do concurso que possibilitará o funcionamento da guarda municipal, para ouvir as comunidades e planejar a atuação da Secretaria de forma participativa e focada na realidade”, pontuou José Ratton.

 

Joana Ferreira, membro do comitê gestor do Centro de Artes e Esportes Unificados da zona Sul (CEU Sul), considerou positiva a atitude da Prefeitura em realizar o encontro sobre segurança: “Todas as comunidades da cidade sofrem a falta de segurança. Todos esperam a guarda municipal, mesmo sabendo que não é papel da guarda fazer policiamento. O evento de hoje demonstra que a Prefeitura sabe a importância de ouvir a população. Assim quando a Secretaria for criada, a administração já saberá por onde começar o trabalho, a partir do depoimento das comunidades”, encerrou.

 

 

 

 

Parque Lagoas do Norte comemora Dia das Mães

O Parque Lagoas do Norte realiza, no próximo sábado (09), das 7h30 às 13h, comemoração alusiva ao Dia das Mães.

 

Durante toda a manhã, serão expedidos carteira de trabalho, passe livre para idosos e realizados cadastros para o Bolsa Família.

 

A programação conta ainda com serviços gratuitos de beleza (manicura, corte de cabelo, escova e maquiagem) e palestras.

 

O Dia das Mães do Parque Lagoas do Norte é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio das secretarias de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) e de Trabalho, Cidadania e Assistência Social (SEMTCAS), e da Fundação Wall Ferraz (FWF).

Reforma do mercado do São Joaquim tem início nesta sexta-feira (08)

Amanhã (08), às 08 horas, acontece a assinatura da ordem de serviço para a reforma do Mercado Rui Barbosa, mais conhecido como Mercado do São Joaquim, localizado no bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina.

 

A reforma é parte do Programa Lagoas do Norte e está orçada em R$ 1.410.371,97, com recursos próprios da Prefeitura de Teresina e do Ministério das Cidades. O prazo para execução da obra é de oito meses, a contar desta sexta-feira.

 

O coordenador do Programa Lagoas do Norte, Erick Amorim, observa que a reforma deve garantir a Teresina um novo mercado público, dimensionado de acordo com os padrões e conceitos de funcionamento para esse tipo de equipamento: “Mais que melhorar as condições físicas do espaço, a reforma e ampliação do Mercado do São Joaquim fortalecerá o comércio local e ampliará o papel do mercado em seu contexto turístico e regional”, destaca.

 

A reforma e ampliação do Mercado Rui Barbosa contemplará a restauração da edificação original e a construção de novas áreas; a adaptação e a integração dos segmentos desenvolvidos no prédio, reabilitando as áreas sem função; e a construção de uma nova praça de alimentação, com área de mesas e três lanchonetes/restaurantes, posicionada no limite Norte do conjunto edificado, na área entre o prédio e o muro vizinho, adequando-o arquitetonicamente ao novo layout.

 

O coordenador do Programa Lagoas do Norte completa dizendo que a obra contempla também novos padrões de conforto térmico, acústico e ambiental e o redimensionamento dos espaços dos diversos setores de comercialização, com base no programa de necessidades funcionais, atendendo às necessidades dos permissionários e permitindo novos usos.

 

“Além disso, todos os novos espaços (praça de alimentação, feira livre, estacionamento, vestiário, sanitários, setores de manipulação de lixo) foram dimensionados para atender às necessidades de usos das instalações e fluxos de funcionamento e melhorias do espaço. O entorno do Mercado será recomposto, criando um espaço de convivência e de circulação para pedestres, de forma a integrar fisicamente todo o conjunto”, finaliza Erick Amorim.

Prefeitura traz especialista em segurança, José Ratton, a Teresina

Com o objetivo de discutir ações de segurança para a capital, a Prefeitura de Teresina realiza amanhã (07), a partir das 8h, na Casa da Cultura, encontro entre o professor universitário e especialista em segurança José Ratton e lideranças comunitárias da cidade.

 

“José Ratton é o mentor do Pacto Pela Vida, programa responsável pela redução em 39% das mortes violentas em Pernambuco de 2007 a 2014. No Recife, a queda foi em torno de 60%, no mesmo período. O professor Ratton virá a Teresina, por intermédio do Programa Lagoas do Norte, para conhecer o nosso planejamento para a criação da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social e para apresentar a experiência realizada em Pernambuco. Nossa intenção é implantar em Teresina um programa semelhante ao Pacto Pela Vida, a partir da criação da Guarda Municipal”, explicou o delegado Samuel Silveira.

 

Durante o evento, José Ratton ouvirá das lideranças comunitárias as demandas por segurança pública em todas as regiões da cidade.

 

“A promoção da segurança pública deve ser uma ação compartilhada entre o poder público e as comunidades. Por isso a importância de ouvir as lideranças comunitárias, para que possamos desenvolver programas e atividades que realmente atendam às demandas da cidade. É importante também conhecer a experiência exitosa de Pernambuco e definir como adequá-la à nossa realidade. A criação da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social já é parte desse atendimento às demandas sociais. A prioridade da Prefeitura de Teresina é criar uma cidade cada vez melhor para as pessoas”, completou Samuel Silveira.

 

Participarão do encontro, além das lideranças comunitárias de várias regiões da cidade, membros dos comitês gestores dos CEUs Norte e Sul e do Parque Lagoas do Norte.

 

Além do encontro com as lideranças amanhã (07), na Casa da Cultura, o professor José Ratton terá também um encontro técnico com o grupo de trabalho criado para estruturar a criação da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social.

Prefeitura apresenta Lagoas do Norte a estudantes de Economia da UFPI

A Prefeitura de Teresina apresentou hoje (06) o Programa Lagoas do Norte a professores e estudantes do curso de Economia da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Durante o encontro, realizado na UFPI, foram discutidas as Fases 01 e 02 do Programa e suas principais intervenções.

 

“Foi muito importante a presença dos técnicos da Prefeitura de Teresina em nossa conversa, porque não tínhamos a dimensão da abrangência e dos benefícios do Programa Lagoas do Norte. Não tínhamos a percepção, por exemplo, de que ele é, principalmente, um programa de saneamento básico e segurança hidráulica. É muito importante que a Universidade se aproprie dessas ações e interaja com as comunidades. Importante também perceber a disponibilidade da equipe para o diálogo e a segurança com que os estudos nos são explicados. Estar atento à qualidade dessa informação é fundamental para que a cidade compreenda esse programa”, comentou a professora Romina Paradizo.

 

Após a apresentação, os técnicos do Programa Lagoas do Norte responderam a questionamentos dos professores e alunos, ampliando a discussão a respeito de todas as áreas contempladas pelo Lagoas do Norte.

 

“A Prefeitura de Teresina possui uma tradição de diálogo e transparência. Nossa disposição é sempre ampliar esse diálogo com as comunidades da região de abrangência do Lagoas do Norte e com toda a cidade. Para isso, a administração municipal já realizou consultas públicas com as comunidades beneficiadas e participa de todos os encontros a que é chamada. Além disso, a Prefeitura mantém uma estrutura permanente de atendimento às famílias, a Unidade de Projetos Socioambientais (UPS), dentro da área do Parque Lagoas do Norte”, pontuou Erick Amorim, coordenador do Programa Lagoas do Norte.

 

 

Prefeitura inicia reforma do mercado do São Joaquim

Acontece no próximo dia 08, às 08 horas, a assinatura da ordem de serviço para a reforma do Mercado Rui Barbosa, mais conhecido como Mercado do São Joaquim, localizado no bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina. A reforma é parte do Programa Lagoas do Norte e está orçada em R$ 1.410.371,97, com recursos próprios da Prefeitura de Teresina e do Ministério das Cidades. O prazo para execução da obra é de oito meses, a contar da assinatura da ordem de serviço.

 

“O Mercado do São Joaquim será reformado e ampliado, garantindo à cidade um novo mercado público, dimensionado de acordo com os padrões e conceitos de funcionamento para esse tipo de equipamento. Mais que melhorar as condições físicas do espaço, a reforma e ampliação do Mercado do São Joaquim fortalecerá o comércio local e ampliará o papel do mercado em seu contexto turístico e regional”, destacou Erick Amorim, coordenador do Programa Lagoas do Norte.

 

A reforma e ampliação do Mercado Rui Barbosa contemplará a restauração da edificação original e a construção de novas áreas; a adaptação e a integração dos segmentos desenvolvidos no prédio, reabilitando as áreas sem função; e a construção de uma nova praça de alimentação, com área de mesas e três lanchonetes/restaurantes, posicionada no limite Norte do conjunto edificado, na área entre o prédio e o muro vizinho, adequando-o arquitetonicamente ao novo layout.

 

“A obra contempla também novos padrões de conforto térmico, acústico e ambiental e o redimensionamento dos espaços dos diversos setores de comercialização, com base no programa de necessidades funcionais, atendendo às necessidades dos permissionários e permitindo novos usos. Além disso, todos os novos espaços (praça de alimentação, feira livre, estacionamento, vestiário, sanitários, setores de manipulação de lixo) foram dimensionados para atender às necessidades de usos das instalações e fluxos de funcionamento e melhorias do espaço. O entorno do Mercado será recomposto, criando um espaço de convivência e de circulação para pedestres, de forma a integrar fisicamente todo o conjunto”, completou Erick Amorim.

 

PMT participa de evento sobre Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

Para debater o aperfeiçoamento do ambiente jurídico e institucional relacionado às organizações da sociedade civil e suas parcerias com o Poder Público, representantes de diversos órgãos da Prefeitura de Teresina participaram do Seminário Estadual sobre o Novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (OSC). O evento aconteceu na manhã desta quinta-feira (30) no auditório da Associação Piauiense de Municípios (APPM).

 

O Seminário abordou as experiências da Administração Pública com as parcerias realizadas com Organizações da Sociedade Civil, bem como tratou de aspectos acerca da Lei 13.019/2014, que disciplina o regime jurídico das parcerias voluntárias entre a Administração Pública e as Organizações da Sociedade Civil.

 

A Lei também define as diretrizes para a política de fomento e de colaboração com organizações da sociedade civil e estabelece normas para que as parcerias sejam firmadas em regime de mútua cooperação para a consecução de finalidades de interesse público.

 

Representando o prefeito Firmino Filho no evento, o secretário municipal de Planejamento e Coordenação, Washington Bonfim, comentou que a Prefeitura de Teresina tem realizado ações no sentido de alinhar as demandas municipais com o fortalecimento de parcerias com as organizações da sociedade civil.

 

“A Prefeitura de Teresina tem feito esforços no sentido de organizar sistema de indicadores e metas para gestão municipal, com a ideia de que o poder público serve ao cidadão. A intenção do Município de Teresina é realizar parcerias como estas no sentido de, não só realizar serviços, mas também para monitorar o que é alcançado de benefício para a população”, destacou o secretário.

 

Washington Bonfim ainda citou como exemplo de participação das Organizações Sociais na administração municipal o lançamento do edital de chamamento para o fortalecimento da gestão dos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEUs) e do Parque Lagoas do Norte. A chamada pública está em fase de análise acerca da possibilidade jurídica da realização do procedimento pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e o edital deve ser lançado no mês de maio.

 

Representando a Procuradoria Geral do Município (PGM), participaram do evento, o procurador-geral do município de Teresina, Cláudio Rêgo, e o procurador Tiago Lira, da Especializada de Licitações, Contratos e Convênios Administrativos. Cláudio Rêgo explicou que é fundamental que o município analise os aspectos trazidos pela nova Lei e estimule o diálogo entre os entes da administração com a finalidade de garantir ações eficazes e respeitando a aplicabilidade da nova legislação.

 

“A nossa intenção é garantir que as ações realizadas em parceria com a administração municipal, seja celebração de termo de fomento ou termo de cooperação, como estabelece a Lei 13.019/2014 , respeitem os limites legais e atendam ao interesse público”, destacou Cláudio Rêgo.

 

Além da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN) e PGM, participaram do evento todas as secretarias, fundações, superintendências e conselhos de políticas públicas da administração municipal.

 

Fonte: ASCOM – PGM