SEMPLAN – Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação
Teresina, 23 de Maio de 2017

Você está em » Destaques

Prefeitura reduz despesas e avança em ações do projeto Gestão Cidadã

15/05/2017 - 18h05
reuniao

O prefeito Firmino Filho reuniu o secretariado da gestão municipal na tarde desta segunda-feira, 15 de maio, para avaliar as ações executadas até agora, tratar sobre redução das despesas, e socializar os avanços das ações realizadas no primeiro trimestre desse ano.

 

De acordo com o chefe do executivo municipal as ações já começam a surtir efeitos positivos. “Tivemos um ganho de R$9 milhões e meio com a redução de despesas referentes a contratos, prestação de serviços, ou seja, despesas de custeio da máquina, o que representa um avanço de 14% se comparado ao primeiro trimestre do ano passado. Portanto, estamos com a nossa meta e plano de ações estabelecidos e os resultados já começam a surtir efeito, já existem economias palpáveis nas várias secretarias, inclusive na folha, então a gente que tem a meta de R$60 milhões para o ano como um todo, já capturamos algo em torno de R$12 milhões”, disse o prefeito.

 

As ações de redução de despesas nas secretarias fazem parte do projeto Gestão Cidadã, que tem como meta para este ano o corte de 15% no custeio da Prefeitura de Teresina. Segundo o secretário municipal de Planejamento, Washington Bonfim, as regras começaram a ser implementadas em todas as secretarias no ano passado e tem como principal objetivo adequar os gastos à arrecadação do município.

 

“Essa já é a terceira reunião que realizamos com os secretários da gestão municipal e o encontro é uma forma de planejar e reforçar os compromissos da gestão com a cidade. Estamos avaliando as ações já executadas e vendo o que podemos sugerir para melhorar, sempre adequando a máquina à situação financeira que vive o país. Essas medidas tem o objetivo de reduzir o custeio para adequar à nossa arrecadação para que não haja prejuízos para a população. Esse é o objetivo principal: fazer mais com menos. Dessa forma, precisamos monitorar para que as ações continuem sendo executadas e possamos atingir a nossa meta”, explicou Washington Bonfim.

 

FONTE: SEMCOM