SEMPLAN – Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação
Teresina, 25 de Abril de 2017
[widgetkit id=62]

Você está em » Destaques

Projeto de reabilitação do Centro será pactuado com a população

12/04/2017 - 17h04
centro

O grupo que trabalha no projeto de Reabilitação do Centro de Teresina se reuniu mais uma vez, na manhã desta quarta-feira (12), para avançar nas discussões em relação as ideias e propostas que integrarão o plano de ações. O prefeito Firmino Filho destacou que as propostas formatadas pelo grupo serão discutidas com a população e com os segmentos envolvidos.

 

“Como o Centro mexe com várias facetas, temos que criar um consenso mínimo sobre esses vários aspectos e, a partir disso, ter um embrião do nosso plano de ação. Na próxima reunião vamos eleger nossas prioridades. Vamos debater essa realidade, chamando a todos os envolvidos para uma discussão conjunta, e vamos pactuar com todos os envolvidos as soluções para o nosso Centro. Esse diálogo com a cidade é fundamental”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

 

A partir de um diagnóstico geral dos prédios, das calçadas, praças, equipamentos públicos, arborização, ruas, casas, pontos comerciais, escolas, edifícios públicos, estacionamentos, frota de veículos, pedestres e tudo que envolve a vida nessa região, a equipe de trabalho está propondo ações.

 

Entre as vertentes discutidas hoje estão: criar bons espaços; plantar árvores; e criar faces de ruas agradáveis e singulares. Segundo a coordenadora do projeto, Constance Jacob, esses três aspectos estão diretamente ligados com o intuito maior do planejamento, que é tornar o Centro um local agradável para que a população possa caminhar, morar e exercer as atividades comerciais que são tão intrinsecas a essa região da cidade.

 

Sobre a importância de ter edificações mais baixas, convivendo harmonicamente com árvores, tornam o ambiente mais agradável e prazeroso. “O que mais influencia, na verdade, para que as pessoas tenham vontade de frequentar um lugar, não é nem tanto o clima, se está quente ou frio. Na verdade, temos essa ideia de que ‘faça um bom projeto que as pessoas vão caminhar em qualquer tipo de clima’. Então, nós temos uma margem de rio e precisamos fazer dela um estímulo ao projeto, criando conexões para as pessoas chegarem ao rio, com a Praça Marechal Deodoro [da Bandeira], espaços de contemplação, restaurantes”, explicou Constance Jacob.

 

A arborização, que vem sendo uma vertente importante trabalhada desde 2013 em Teresina pela Prefeitura, também está presente no projeto para o Centro. “No Centro temos as três maiores praças de Teresina: da Bandeira, Da Costa e Silva e a Saraiva. Temos muitas árvores nativas ainda nesses locais como o oiti, o Gonçalo Alves, mantendo as características antigas da nossa vegetação”, disse Clovis Freitas Júnior, coordenador de Arborização da Prefeitura.