Edição 2018

O concurso “Se essa rua fosse minha”, lançado anualmente para batizar vias de Teresina que ainda não foram nomeadas, está com as inscrições abertas para a edição de 2018. O objetivo é colocar nomes de pessoas que fizeram parte da história das comunidades em logradouros e ruas da capital. valorizando pessoas que, às vezes anonimamente, contribuíram para o crescimento da cidade em determinada região.

Os interessados devem indicar nomes de pessoas já falecidas e que foram importantes para a região onde viviam. O concurso é uma forma de homenagear estas pessoas que fizeram parte da construção e da evolução das comunidades. As sugestões são válidas para qualquer rua da cidade que oficialmente ainda não possua nome.

Para fazer a inscrição, CLIQUE AQUI e  preencher o formulário disponível no site.

O questionário deve conter a zona da cidade em que há o interesse de fazer a homenagem e o máximo de informações possíveis em uma mini biografia do homenageado. As indicações serão avaliadas por uma comissão especial, formada por órgãos como universidades, Secretaria de Planejamento Urbano e Coordenação – SEMPLAN e IBGE. As biografias enviadas serão analisadas e posteriormente homologadas e colocadas em ruas de loteamentos novos. Após a validação, haverá um sorteio desses nomes. Será feita uma minuta de lei que será aprovada pela câmara municipal, e ao final, uma solenidade para as famílias das personalidades escolhidas.

O formulário está disponível no link abaixo. As inscrições serão válidas até o dia 19 de julho.

Para Acessar a Portaria, CLIQUE AQUI.

 


Edição 2017

Homenagear aqueles que ajudaram a construir a cidade de Teresina. Com esse objetivo, a administração municipal abriu inscrições para o concurso cultural “Se essa rua fosse minha”. Elas podem ser feitas até o dia 17 de julho.

O concurso tem como objetivo escolher nomes para novas ruas e logradouros públicos de Teresina, valorizar as pessoas que prestaram serviços ao município e estimular a participação popular na tomada de decisões.

“O Se Essa Rua Fosse é uma oportunidade de homenagear aqueles que ajudaram a construir Teresina, a torná-la ainda melhor. É um momento para relembrar as pessoas das quais temos orgulho e queremos imortalizar”, afirma a secretária executiva de Planejamento Urbano, Jhamille Almeida.

Ao indicar o homenageado, é necessário o nome completo, a data de falecimento, o nome sugerido para a rua, a zona que deseja para localização do logradouro. Junto com essas informações, é preciso ainda fazer um breve histórico do homenageado.

Os nomes inscritos serão avaliados por uma Comissão Especial, de acordo com critérios legais. Em seguida, haverá um sorteio de definição do logradouro que receberá o nome do homenageado e enviado o projeto de lei para a Câmara Municipal. Em agosto, dentro da programação do aniversário de Teresina, haverá a solenidade com os familiares dos homenageados.


Edição 2016

A edição 2016 do Concurso Cultural Se Essa Rua Fosse Minha homenageou 108 cidadãos que ajudaram a construir a história de Teresina. O evento ocorreu no dia 31/08/2016 no Teatro 4 de Setembro e contou com presença dos familiares dos homenageados.

Os nomes dos novos logradouros públicos foram sugeridos por meio da participação popular na edição 2016 Concurso Cultural Se Essa Rua Fosse Minha. Pelas regras do concurso, o cidadão sugere o nome da pessoa a ser homenageada. As sugestões são validadas por uma comissão, de acordo com os critérios legais, e a Prefeitura realiza um sorteio para definir a localização de cada rua. Depois, é elaborado um projeto de lei, que segue para aprovação da Câmara Municipal e, em seguida, para sanção do prefeito.


Edição 2015

A edição 2015 do Concurso Cultural Se Essa Rua Fosse Minha homenageou 156 cidadãos que ajudaram a construir a história de Teresina. O evento ocorreu no dia 19/08/2015 no Auditório Ipê e contou com presença dos familiares dos homenageados.

Os nomes dos novos logradouros públicos foram sugeridos por meio da participação popular na edição 2015 Concurso Cultural Se Essa Rua Fosse Minha. Pelas regras do concurso, o cidadão sugere o nome da pessoa a ser homenageada. As sugestões são validadas por uma comissão, de acordo com os critérios legais, e a Prefeitura realiza um sorteio para definir a localização de cada rua. Depois, é elaborado um projeto de lei, que segue para aprovação da Câmara Municipal e, em seguida, para sanção do prefeito.

Rua 2015 - 1

“Essa é a noite do reconhecimento. Um momento de reflexão, comemoração e, sobretudo, de respeito pelas pessoas que construíram a cidade. Cada homenageado é parte da história de Teresina. Nenhum dos nossos esforços é individual. Não construímos nada sozinhos. Essa noite representa a gratidão da cidade a cada cidadão homenageado e a suas famílias. A iniciativa da homenagem parte da própria cidade, pelas mãos de seus filhos, que sugerem os nomes das pessoas a serem homenageadas. O Se Essa Rua Fosse Minha é um processo democrático e inclusivo, uma oportunidade para que as famílias e toda a sociedade sugiram nomes e registrem sua contribuição na história de Teresina, abrindo espaços urbanos da cidade para homenagear aqueles que ajudaram a construí-la”, observou Washington Bonfim, secretário municipal de Planejamento e Coordenação.

Para baixar a relação dos novos logradouros e homenageados clique aqui.

Para acessar a reportagem e mais fotos sobre o eventos clique aqui.


Edição 2014

Aconteceu na noite de 27/08/2014, no Theresina Hall, dentro da programação do aniversário da cidade, a solenidade “Se Essa Rua Fosse Minha”, de denominação de novas avenidas, ruas e logradouros de Teresina. A solenidade reuniu autoridades municipais e familiares e amigos dos homenageados.
 
O concurso cultural, lançado em agosto de 2013, foi realizado pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento (Semplan), após constatação de dificuldades da Agespisa, Eletrobrás, Correios e até mesmo do executivo municipal em localizar residências devido a duplicidade ou a ausência da nomenclatura em algumas ruas e avenidas. Através da internet, os cidadãos puderam enviar sugestões de nomes, que passaram por uma avaliação, através de uma Comissão Especial e, em seguida, um sorteio, para finalmente irem para as placas nas ruas. Trezentos e dezenove nomes foram selecionados.
 
Washington Bonfim, secretário da Semplan, explicou sobre o processo de escolha dos nomes. “Esse concurso foi o mais democrático possível. Após avaliação da Comissão Especial e do sorteio de definição, cada via recebeu o nome do homenageado e, em seguida, foi encaminhado à Câmara Municipal, em forma de projeto de lei. A partir de agora, cada homenageado fará parte definidamente da história de nossa cidade”, disse Bonfim.
O prefeito de Teresina, Firmino Filho, fez a entrega simbólica de 13 placas para a família de alguns dos homenageados. “Essa é uma justa homenagem para aqueles que estão dentro da alma dos teresinenses, para todos aqueles que ajudaram a construir a história de nossa cidade, pessoas das quais temos orgulho e queremos imortalizar. Esperamos que suas histórias de luta e dedicação possam servir de inspiração para todos nós”, disse.
 
Marília Costa Sousa, filha do homenageado Raimundo Nonato da Costa, mais conhecido como Costinha, fotógrafo da Prefeitura por mais de duas décadas e falecido em agosto de 2012, falou emocionada da homenagem recebida. “Hoje é um dia feliz para mim e para minha família. Apesar da saudade que sentimos todos os dias, hoje estamos felizes em receber esse reconhecimento por tantos anos de dedicação do meu pai à essa cidade. Ele era um apaixonado por Teresina e certamente merece essa homenagem”.
Para baixar a relação dos nomes dos novos logradouros e os homenageados, clique aqui.
 
Edição 2014

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).