Ouvir a população sobre como a cidade deve enfrentar os desafios para alcançar a sustentabilidade. É esse o objetivo da consulta “Teresina 2030”, desenvolvida pela prefeitura da capital piauiense e pelo aplicativo Colab. Para poder opinar, o cidadão pode acessar a pesquisa tanto pelo próprio aplicativo quanto pelo endereço consultas.colab.re/teresina2030.

A consulta foi elaborada pela equipe da Agenda Teresina 2030, departamento da Secretaria Municipal de Planejamento responsável pela busca dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) da ONU. A pesquisa conta com apenas quatro perguntas voltadas para temas relacionados à sustentabilidade, resiliência urbana, mudanças climáticas e mobilidade.

As questões envolvem tanto o que o cidadão sugere que a prefeitura faça para enfrentar esses desafios assim como que tipo de ações o próprio morador da cidade pode adotar para contribuir com uma Teresina mais sustentável. Assim, o poder público pode entender que tipo de políticas públicas seriam mais bem recebidas pela população.

“Nós temos uma série de problemas a serem enfrentados para alcançar a sustentabilidade e é importante que o poder público atue em sintonia com a população. Essa consulta é uma forma de termos uma ideia do que as pessoas veem como medidas mais eficazes e essa informação vai ser para embasar o desenvolvimento das estratégias”, explica Gabriela Uchôa, coordenadora da Agenda Teresina 2030.

“Para planejar a cidade com eficiência é importante saber analisar o retorno que está sendo oferecido pelos moradores da cidade. Por isso, consultas como essa são importantes para a prefeitura entender como o trabalho dela está sendo recebido pela população”, afirma o secretário municipal de planejamento e coordenação.

“O Colab é uma start up que combina Gestão Pública com Tecnologia. Por meio de participação social, gestão eficiente e engajamento, o Colab entrega um canal de comunicação direto entre cidadão e poder público, e uma das principais ferramentas para isso é a de consultas públicas. A ferramenta de consultas oferece uma possibilidade para a população se engajar facilmente em processos de tomada de decisão do governo, assim aumentando a sua representatividade, e o governo também ganha ao ter a opinião da população, o que lhe confere mais legitimidade para realizar escolhas melhores aos cidadãos”, finaliza o co-fundador do Colab, Paulo Pandolfi.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).