Rômulo Piauilino

O Projeto Cultural “Se Essa Rua Fosse Minha”, iniciativa da Prefeitura de Teresina para nomear ruas do município com nomes de pessoas que fizeram parte da história da cidade, foi lançado oficialmente no fim da manhã desta quinta-feira, no Salão Nobre do Palácio da Cidade. Com a presença do prefeito Firmino Filho, secretários municipais e representantes da sociedade foram apresentados aos principais pontos do projeto e algumas das histórias de destaque nas cinco edições do projeto.

Realizado desde 2014, o “Se Essa Rua Fosse Minha” já foi responsável pela nomeação de mais de 500 vias e logradouros públicos em Teresina, com homenagens à moradores das mais diferentes profissões, classes sociais e com histórias de vida inspiradoras.

“Toda cidade tem passado. Teresina é fruto de todos os que passaram por aqui, que nasceram ou vieram para cá de outras cidades. Essas pessoas construíram suas vidas aqui e contribuíram para a cidade. Esse projeto é um momento emocionante, muito bonito, em que a cidade demonstra gratidão com os seus antepassados e aumenta o sentimento de pertencimento dos nossos moradores”, disse o prefeito Firmino Filho.

O secretário municipal de Planejamento, José João Braga, destacou a importância de valorizar estas pessoas que, muitas vezes anônimas, contribuíram para uma cidade melhor. “O Se Essa Rua Fosse Minha vai muito além de um projeto da Prefeitura para nomear ruas, mas é uma forma de eternizar na cidade moradores que fizeram a diferença. É uma forma do poder público reconhecer que, mais do que prédios, avenidas e habitações, uma cidade é feita de pessoas, e essas pessoas merecem todas as homenagens”, afirmou.

A secretária executiva de Planejamento Urbano, Jhamille Almeida, fez uma apresentação sobre os principais pontos do projeto e explicou como funciona o processo de inscrição, além de contar algumas histórias de destaque em anos anteriores, como um casal homenageado com ruas que se cruzam, ponto batizado pela família como esquina do amor.

“O Se Essa Rua tem essa capacidade de eternizar histórias interessantes das pessoas que viveram em Teresina. É uma forma de a Prefeitura tornar algo que seria simplesmente uma tarefa administrativa em uma bela forma de homenagear os cidadãos teresinenses”, ressaltou.

Inscrições

O processo de inscrição foi aberto nesta quarta-feira (19). Os interessados em homenagear algum amigo ou familiar podem acessar o formulário de inscrição através do site da Prefeitura de Teresina, da secretaria municipal de Planejamento ou do aplicativo Colab, disponível para download para Android ou IoS.

Devem ser preenchidas informações do homenageado, além de uma minibiografia dos seus feitos em Teresina e a zona da cidade em que há o interesse de prestar a homenagem. Uma comissão formada por diversos órgãos da prefeitura de Teresina, universidades, Câmara Municipal, IBGE e IPHAN irão avaliar as inscrições e escolher os nomes aprovados.

As inscrições seguem abertas até o dia 17 de julho e, após o processo de seleção, um sorteio das vias que receberão os nomes aprovados será realizado no Palácio da Música, no dia 29. A solenidade de entrega das placas comemorativas aos familiares dos homenageados será realizada no dia 28 de agosto, no Theresina Hall, como parte da programação do Aniversário de Teresina.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).