O projeto cultural “Se essa rua fosse minha” realizou na noite desta segunda-feira (29), no Palácio da Música, o sorteio das ruas que receberão os nomes dos homenageados na atual edição do projeto. As famílias dos selecionados foram informadas sobre o sorteio pela organização do concurso, formada por servidores da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação (SEMPLAN). A solenidade oficial de entrega das placas acontece dia 29 de agosto, no Theresina Hall.

O sorteio aconteceu por zona: primeiro a zona Sul e em seguida Norte, Sudeste e Leste. Aqueles que não optaram por zona específica foram sorteadas ao final. Ao ser citado o nome do homenageado, o familiar recebia o mapa da rua sorteada. Colaboradores tiraram dúvidas sobre as localizações ao final da solenidade.

Clarissa Castelo Branco teve o nome de sua mãe homenageado. Teresinha de Jesus Vasconcelos Castelo Branco era professora e bastante religiosa. Vítima de infarto, faleceu aos 63 anos.

“Minha mãe foi uma professora da rede estadual de ensino que contribuiu muito para a educação de Teresina. Além disso, era extremamente religiosa e foi considerada irmã leiga da congregação São José. Prestou muitos serviços na Vila Operária, desenvolveu ações sociais, levava o evangelho as casas, doava cestas básicas, dentre outras atividades. Ela era uma pessoa muito boa e merece essa homenagem”, disse.

Gislayne Menezes conheceu o concurso através do site da Prefeitura de Teresina e inscreveu o nome do seu pai, Ademir Rodrigues Menezes. Comerciante, ele faleceu aos 63 anos por conta de um câncer.

“Meu pai chegou para ficar em Teresina no ano 1990. Ele rodou o Brasil inteiro trabalhando como vendedor, mas sempre quis viver aqui por conta da família. Em 1990 ele voltou como varejista e logo depois montou um mercadinho. Ele doava alimentos, participava de ações com a igreja e tinha muitos amigos. Estou muito feliz pela homenagem e principalmente porque a rua que levará seu nome é no Parque Piauí, onde ele viveu e desenvolveu suas atividades”, destaca Gislayne.

“Finalizamos mais uma etapa do projeto com o sorteio dos homenageados por zona. Chamamos as famílias, que compareceram ao sorteio e prestigiaram esse primeiro momento. Vamos agora confeccionar a minuta de lei por localização que será enviada a câmara e dia 29 entregaremos as placas às famílias dos homenageados”, concluiu Jhamille Almeida, secretária executiva de planejamento urbano.

O concurso

Lançado anualmente pela Prefeitura de Teresina para nomear vias ainda sem nome na capital, o concurso tem como objetivo homenagear pessoas que fizeram parte da história das comunidades de Teresina em logradouros e ruas da cidade, valorizando pessoas que, muitas vezes anonimamente, contribuíram para o crescimento de determinada região.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).