A Prefeitura de Teresina ganhou destaque durante o 2º Seminário Internacional “A Era BIM”, realizado na última semana em São Paulo. O BIM (Building Information Modelling ou Modelagem de informação da construção, em português) é uma nova metodologia da construção civil que busca otimizar os gastos em obras públicas.

No painel sobre a contratação e implantação do sistema, uma das palestrantes foi a servidora Virgínia Moura, que coordena a aplicação do modelo na prefeitura da capital piauiense. Arquiteta e urbanista, Virgínia Moura representou a administração municipal no evento para expor aos participantes as experiências do setor público com o método, uma vez que a sua implantação reduz gastos e tempo na execução de obras.

O destaque para a Prefeitura de Teresina se dá pelo uso pioneiro dessa tecnologia na administração pública em contexto nacional. Em 2017, o Governo Federal criou o Comitê Estratégico de Implementação do BIM e emitiu um decreto no ano seguinte instituindo a Estratégica BIM BR, onde fica estabelecido o seu uso gradativo, com aplicação para o ano de 2021 e obrigatoriedade para todos os estados e municípios a partir de 2025.

“Apesar do BIM já ter sido colocado em decreto pelo Governo Federal para obrigatoriedade do seu uso a partir do ano de 2021, não existe uma mobilização efetiva dos órgãos públicos para dar início à sua implementação, por isso nós estamos realmente à frente. Quando a gente vai para um local como São Paulo, onde tudo lá é referência, e de repente o nosso trabalho ocupa esse espaço, a gente nota que estamos no rumo certo”, afirma Virgínia.

Entenda o BIM

BIM significa Building Information Modelling (Modelagem de Informação da Construção), que consiste em um sistema que inclui a modelagem inteligente do projeto em 3D, além da concentração de todas as informações de diversas áreas relacionadas à obra em um único documento, favorecendo uma melhor visualização do trabalho e um planejamento mais eficaz, que reduz a execução da obra em gastos e tempo.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).