O processo de elaboração do novo Plano Diretor de Ordenamento Territorial de Teresina (PDOT), o PDOT, está em fase final. A minuta de lei elaborada pelos técnicos da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenada (SEMPLAN) e por uma consultoria contratada pela Prefeitura de Teresina passará por deliberação em audiência pública que será realizada durante os dias 23 e 24 de outubro. Após a audiência, a minuta segue para votação na Câmara Municipal.

A audiência é aberta a toda a população e nela serão apresentados, capítulo por capítulo, os principais pontos da proposta para o novo Plano Diretor. As pessoas que foram eleitas delegados na primeira audiência pública, em 2018, irão votar a favor da aceitação da proposta ou sugerir ajustes. Então, o projeto deve ser encaminhado como minuta de lei para apreciação dos vereadores da cidade.

A elaboração do novo PDOT de Teresina ficou a cargo da SEMPLAN, marcada pela participação da sociedade civil em fóruns, audiências e reuniões. O processo teve início em 2017 e desde então as alterações propostas foram apresentadas a setores diversos, como movimentos populares, sindicatos ligados à construção civil e ao setor imobiliário, OAB, entre outros.

O PDOT busca reorientar a ocupação do espaço urbano em Teresina. A estratégia gira em torno de tornar a cidade mais densa ao redor dos corredores de transporte, facilitando a mobilidade e impedindo a contínua expansão horizontal da cidade, que dificulta a prestação de serviços públicos de qualidade nos bairros mais afastados.

“Nossa intenção é que o texto chegue à Câmara até o final de novembro. O processo foi participativo, pois precisamos da sociedade para construir uma cidade melhor, mais agradável, voltada para as pessoas. Uma cidade orientada pelo transporte público e que consiga concentrar pessoas, para que a prefeitura possa ter recursos suficientes para melhorar a qualidade de vida da população”, esclarece a secretária executiva de planejamento urbano da SEMPLAN, Jhamille Almeida.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).