Uma antiga demanda da população da zona sul será atendida pela Prefeitura de Teresina. O prefeito Firmino Filho assinou, na tarde desta quarta-feira (12), com a Caixa Econômica Federal, um contrato de financiamento no valor de R$ 83 milhões para construção de galerias de drenagem na região dos bairros São Pedro e Tabuleta. A previsão é que as obras iniciem ainda em 2020.

Os recursos foram garantidos através de projetos elaborados anteriormente pela PMT, que foram cadastrados e aprovados no programa Avançar Cidades – Saneamento, do Governo Federal. A assinatura do contrato foi bastante comemorada por possibilitar a resolução de um problema histórico daquela região.

“Essa galeria é uma demanda antiga da população de Teresina. Com esses recursos já poderemos iniciar a licitação e honrar esse antigo débito que temos com a população daquela região. Vamos iniciar essa obra ainda no nosso mandato e o próximo prefeito vai ter a alegria de inaugurar essa galeria”, comentou o prefeito Firmino Filho.

“É uma obra importante para a cidade de Teresina, resultado do empenho do prefeito Firmino Filho e do secretário de planejamento José João para conseguir liberar esses recursos, que vão resolver definitivamente esse problema. Estamos dando um passo muito importante. Agora vamos preparar o processo licitatório e depois dos procedimentos legais vamos dar início a essa obra”, completou o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes.

Outros projetos

Um segundo contrato de financiamento foi assinado durante a mesma solenidade. Estes recursos serão aplicados na elaboração de projetos de drenagem para outras regiões de Teresina.

“O outro financiamento, no valor de R$ 9 milhões, será utilizado para contratar uma empresa para elaborar projetos para outras cinco sub-bacias na cidade, em todas as zonas. Com esses projetos prontos, vamos poder pleitear junto ao governo federal mais recursos para executar essas obras, como aconteceu com a galeria do São Pedro”, explica o secretário executivo de captação de recursos da SEMPLAN, Ítalo Portela.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).