A Prefeitura de Teresina lançou edital para contratação de empresa que irá ministrar capacitação para servidores públicos e pesquisadores sobre Governança, Urbanismo e Resiliência Urbana. O objetivo é fortalecer a capacidade, a médio e longo prazo, de servidores e sociedade civil no cumprimento das Agendas e Acordos Internacionais relacionados a estes temas.

De acordo com o edital de licitação, a empresa contratada irá ministrar capacitações para três grupos de servidores e um grupo de pesquisadores, que serão selecionados de acordo com a similaridade com a sua área de atuação. No total, 160 pessoas deverão passar pelos treinamentos.

Segundo Mauro Jonas, especialista em Engenharia Urbana da Agenda Teresina 2030, “um governo local mais preparado está pronto para lidar com riscos e ameaças ao seu sistema urbano, especialmente inundações, secas e interrupções na provisão de água e energia elétrica, assim como estará apto a monitorar os indicadores, metas e objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) da Agenda 2030 de uma forma mais eficiente”.

Entende-se Urbanismo Smart como o uso das possibilidades das tecnologias da informação e da comunicação (TICs) para o planejamento, projeto e gestão urbana, a fim de aumentar a qualidade de vida e a eficiência de operação e serviços urbanos, de forma que os interesses das futuras gerações sejam respeitados em suas dimensões ambiental, social e econômica.

Governança Smart também está diretamente ligada ao uso da tecnologia, mas fortalecendo a participação do cidadão nos processos de tomada de decisão, tornando a gestão mais transparente e democrática. Por fim, a resiliência urbana está diretamente ligada a capacidade do município de lidar com riscos e possíveis desastres, como inundações.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).