A edição de 2020 do projeto cultural “Se Essa Rua Fosse Minha” atingiu mais de 700 inscrições através dos sites e do aplicativo COLAB. A iniciativa tem como objetivo nomear ruas e logradouros públicos de Teresina em homenagem a pessoas falecidas que contribuíram de alguma forma para a cidade.

Apesar do momento de pandemia e isolamento social, a população participou ativamente do projeto. Após o encerramento das inscrições, na última sexta-feira (31), o projeto segue para a etapa de validação de cada nome dos inscritos. “Iremos iniciar uma nova etapa, com reuniões de uma comissão especial para analisar e aprovar os nomes que representem bem a cidade”, conta a secretária executiva de planejamento urbano, Jhamille Almeida.

A comissão, formada por membros de instituições de conhecimento sobre o assunto, como IBGE e IPHAN, entre outros, irá avaliar e validar os nomes inscritos que atenderem aos critérios pré-estabelecidos. Após essa fase, será realizado um sorteio para definir quais ruas ou logradouros receberão os nomes dos homenageados.

Todo o processo, desde a realização das inscrições até as reuniões da comissão especial, será feito de forma virtual, cumprindo as medidas de isolamento social. O sorteio, que normalmente ocorre na presença das famílias dos homenageados, este ano será transmitido através das redes sociais da Prefeitura de Teresina.

Após o período de inscrições, validação da comissão especial e sorteio das ruas, a Prefeitura de Teresina irá encaminhar à Câmara Municipal um projeto de lei com as denominações das novas ruas. O projeto será votado e, após aprovação, transformado em lei e publicado no Diário Oficial do Município.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com (*).